Rodoanel interliga as principais rodovias de São Paulo
Várias estradas do estado de São Paulo são interligadas pelo Rodoanel

O Rodoanel Mário Covas é uma estrada de alto padrão tecnológico com acesso restrito às estruturas viárias. O Rodoanel é composto por, no mínimo, três faixas de tráfego em cada sentido. O Rodoanel interliga importantes rodovias do Estado de São Paulo:

  • Estrada Velha de Campinas,
  • Bandeirantes,
  • Anhanguera,
  • Castelo Branco,
  • Raposo Tavares,
  • Régis Bittencourt,
  • Imigrantes,
  • Anchieta,
  • Jacu Pêssego,
  • Henrique Eroles,
  • Ayrton Senna,
  • Dutra,
  • Fernão Dias.

Com 32 quilômetros de extensão, o trecho Oeste do Rodoanel foi o primeiro a ficar pronto, em 2002. Essa parte do anel viário começa na Estrada Velha de Campinas e vai até a rodovia Régis Bittencourt.

Em 2010, ficou pronto o trecho Sul, que tem 61,4 quilômetros e começa no entroncamento com a rodovia Régis Bittencourt, na altura de Embú das Artes, e termina na intersecção de acesso à Avenida Papa João XXIII, em Mauá.

O trecho Leste ficou pronto em 2015, essa parte da estrada possuí 43,5 quilômetros e inicia em Mauá indo até a Rodovia Presidente Dutra, em Arujá.

A entrega do trecho Norte sofreu atrasos em função de licenças ambientais e mudança de trajeto na parte da Serra da Cantareira e tem previsão de conclusão ainda neste ano. O trecho norte terá 44 quilômetros de extensão e vai começar na Avenida Raimundo Pereira Magalhães, antiga estrada Campinas/São Paulo, terminando na intersecção com a Rodovia Presidente Dutra (BR-116). O trecho tem previsão de acesso à rodovia Fernão Dias (BR-381) e de ligação exclusiva de 3,6 quilômetros para o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

A obra ficou sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e da Empresa de Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) e custou cerca de R$ 13 bilhões. O projeto do anel viário cotém dispositivos e medidas operacionais para reduzir as consequências de acidentes com cargas perigosas, controlando e impedindo a contaminação ambiental.  O limite de velocidade para caminhões é de 80km/h, já os carros podem chegar a 100km/h.

Cadastre-se aqui

Fechar Menu